Home Destaques Governo e Congresso deram condições para reduzir Selic

Governo e Congresso deram condições para reduzir Selic

236
0

O ministro da Secretaria de Relações Institucionais, Alexandre Padilha, afirmou que há “condições,” criadas tanto pelo governo quanto pelo Congresso, para que o Comitê de Política Monetária ( Copom ) reduza a taxa básica de juros (Selic).

“Nossa expectativa é com a reunião do Copom. Queria reafirmar que o governo e o Congresso Nacional construíram todas as condições necessárias para que o Brasil inicie uma trajetória decrescente de juros”, disse Padilha após uma reunião com o presidente do Senado, Rodrigo Pacheco (PSD-MG).
Ele também elogiou os presidentes da Câmara, Arthur Lira, e do Senado, Rodrigo Pacheco, por propiciarem condições para redução da Selic.

“Agradecemos ao presidente do Senado por conta disso e a postura do Senado e da Câmara, as iniciativas de governo, a liderança da equipe econômica do ministro Fernando Haddad.”
O Copom anunciará a nova taxa básica de juros após o fechamento do mercado nesta quarta e a expectativa é que haja uma redução entre 0,25 p.p. e 0,5 p.p.

Hoje a taxa está 13,75% e tem sido alvo constante de críticas de integrantes do governo por considerarem acima do esperado.

O ministro comentou também sobre as negociações para reforma ministerial. Ele descartou qualquer mudança na Petrobras e elogiou o presidente da estatal, Jean Paul Prates.
“A Petrobras tem um papel estratégico no país. O presidente da Petrobras vem cumprindo questões fundamentais que foram estabelecidas no compromisso de campanha do presidente Lula. Baixou o preço do diesel, mudou a política de dividendos, estabeleceu a nova política de preços. Nunca foi e nem nunca será objeto de discussão de reformulação partidária.”

Ele também afastou a possibilidade de remover o vice-presidente Geraldo Alckmin da pasta de Indústria e comércio.

“Não tem nenhuma discussão ainda porque quem vai discutir isso é o presidente Lula.”

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here