Home Destaques Prazo para credenciamento de empresas de uniforme termina nesta quinta em SP

Prazo para credenciamento de empresas de uniforme termina nesta quinta em SP

1038
0

O prazo para cadastramento de empresas interessadas em fornecer os kits de uniforme escolar para do colégios da rede municipal de São Paulo termina nesta quinta-feira (5), um mês após o início das aulas.
Para orientar as empresas interessadas na prestação desse serviço, a Prefeitura de São Paulo anunciou uma parceria com o Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae) com a intenção de capacitar essas empresas a fazerem os uniformes chegarem até os alunos de Escolas Municipais de Ensino Infantil (EMEI) e Fundamental I e II.
Nos cálculos da prefeitura, pelo menos 660 mil estudantes começaram o ano letivo em 5 de fevereiro sem o kit de uniforme que todos os anos são fornecidos pela Secretaria Municipal da Educação.
O motivo é que, em 2019, a prefeitura testou a qualidade dos uniformes antes de entregá-los aos alunos e reprovou todas as 20 empresas que participavam da concorrência pública por falta de qualidade ou porque não atenderam alguma demanda do edital, como, por exemplo, o preço.
A empresa vencedora da nova licitação deve ser anunciada na semana que vem, de acordo com a prefeitura. A vencedora vai fabricar os uniformes que os pais dos alunos irão comprar em lojas físicas com um código gerado via aplicativo de celular.
Com esse código em mãos, os pais dos alunos vão até as lojas das empresas capacitadas pelo Sebrae para adquirir o uniforme.
De acordo com o secretário de Educação, Bruno Caetano, cada aluno terá a verba de R$ 215, que será repassada pela Prefeitura através do aplicativo. As famílias que não têm smartphone podem gerar o código de autorização de compra na própria escola. O cadastro dos alunos para receber o código também começa na próxima semana, segundo a Secretaria Municipal de Educação.
Serão fornecidos 661 mil kits escolares, que incluem cinco camisetas e cinco pares de meia, uma calça, uma bermuda, um blusão, 1 jaqueta e um par de tênis. O investimento total da Prefeitura será de cerca de R$ 140 milhões, de acordo com o secretário Bruno Caetano.
O prefeito Bruno Covas (PSDB) afirmou que a Prefeitura mantém várias várias parcerias de capacitação com o Sebrae e brincou que inclusive “a parceria é tanta que eu e o (diretor do Sebrae) Poit temos o mesmo corte de cabelo”.
“É um jogo de ganha-ganha. Ganham os pais e os alunos, que terão mais opções de compras, ganha o comércio local, que a cada R$1 investido significa R$1,70 circulando na cidade, então é um multiplicador do recurso circulando na cidade. Mais concorrência e lojas participando é menos possibilidade de carterização e mais preços competitivos para o consumidor final. Então é um jogo que ganha transparência, ganha a Prefeitura, ganha a população e os pequenos empreendedores”, afirmou o prefeito.
Covas acrescentou que a cidade ampliou em 50% a quantidade de Microempreendedores Individuais (MEIs) em 4 anos. “Tinha 50 mil MEIs e agora são 750 mil, ampliação de 50% nos últimos 4 anos de governo.”

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here