Home Esportes Autódromo de Portimão vai receber corrida da Fórmula 1 no dia...

Autódromo de Portimão vai receber corrida da Fórmula 1 no dia 25

1069
0

O Autódromo Internacional do Algarve, em Portimão, passou por reformas nos últimos meses para atender ao caderno de encargos da Federação Internacional de Automobilismo (FIA) e, dessa forma, estar habilitado a receber uma corrida de Fórmula 1 no próximo dia 25. Portugal não recebe uma prova da categoria desde 1996, no Estoril, e entrou no calendário deste ano devido à série de ajustes pela pandemia de coronavírus.
Estamos cumprindo o calendário e o caderno de encargos, ambos muito complexos e exigentes. Substituímos o asfalto e instalamos a sinalização nova, pontes e quilômetros de cabos! Como nunca interrompemos a atividade na pista, a operação tornou-se mais complexa. Devido à situação que vivemos (de pandemia), tivemos de satisfazer exigências enormes, com a reorganização até da nossa rede de informação interna, para prepará-la para as bolhas de isolamento impostas pela organização. A equipe tem apenas 55 pessoas e está motivadíssima, cumprindo o sonho de uma vida – disse Paulo Pinheiro, diretor da empresa proprietária do autódromo, ao jornal “A Bola”.
A administração do autódromo e promotora do evento informou que, devido à emergência da F1 em readequar o calendário pela pandemia de Covid-19, os valores pagos para garantir o evento foram mais baixos do que o normal. Depois de uma séria crise no começo da década, os donos do complexo de Portimão conseguiram reequilibrar as finanças e tornar o autódromo rentável a ponto de estar apto a receber a F1:

  • O circuito é uma referência mundial e tem resultados positivos há vários anos. Em 2019, a taxa de ocupação foi de 326 dias. Antecipamos um impacto econômico de mais de 100 milhões de euros que beneficiará a região e o país. Assim, combate-se tudo o que de mau está a acontecer. A Fórmula 1 não é um negócio da China, mas não perdemos dinheiro. Cada corrida na Europa custa de 30 a 50 milhões de euros, mas os nossos valores, que estão sob contrato e não são públicos, são muito mais reduzidos.
    Por fim, Paulo Pinheiro espera que, caso a F1 promova um revezamento anual entre as pistas que recebem as corridas, Portimão possa se candidatar novamente a receber a categoria nas próximas temporadas.
  • Existem muitos circuitos com contrato, mas a hipótese de introdução de uma fórmula de rotatividade permite-nos alimentar esse sonho… O circuito é atrativo, e o grande prêmio está gerando muita expectativa – finalizou.

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here