Home Destaques Financiamentos de veículos caem 20% no 1º semestre de 2020

Financiamentos de veículos caem 20% no 1º semestre de 2020

809
0

Os financiamentos de veículos novos e usados caíram 20% no Brasil em 2020, quando comparados com o mesmo período de 2019. Os dados foram divulgados pela B3, a bolsa de valores brasileira.
De janeiro a junho deste ano, foram financiados 2,29 milhões de veículos leves, pesados e motos, contra 2,87 milhões do acumulado do ano passado.
Emplacamento de veículos tem queda de 38% no 1º semestre
Considerando apenas junho, que teve 385.774 financiamentos e foi o pior resultado do mês desde 2016, a queda em relação ao mesmo período de 2019, com 452.499, foi de 14,7%. Na comparação com maio, com 268.057 unidades, houve crescimento de 43,9%, indicando uma recuperação.
Pesados tiveram melhores resultados
Os veículos pesados tiveram os melhores resultados entre as categorias divulgadas pela B3, com crescimento entre todas as comparações. Em relação a junho do ano passado, eles cresceram 6,1% e, em relação a maio, 37,6%.
Os números refletem os bons resultados do segmento também na produção brasileira, divulgada pela Anfavea.
Motos e automóveis tiveram bons efeitos especialmente comparando maio e junho, puxados por negociações em veículos novos. Os primeiros viram os financiamentos subirem 48,2% e, os segundos, 43,8%.
Modalidades e prazo médio
Segundo a B3, o número de automóveis usados de 9 a 11 anos (chamados de “maduros”) aumentou em relação a 2019, passando à frente dos usados de até 3 anos (seminovos) e ficando em terceiro lugar.
Assim como no ano passado, os modelos de 4 a 8 anos de uso (usados “jovens) permanecem em primeiro lugar, seguidos dos zero quilômetro.
Já o prazo médio dos financiamentos passou de 42,7 meses em junho de 2019 para 44 meses no mesmo mês de 2020. O prazo para carros novos, usados “jovens” e “maduros” cresceu, enquanto os seminovos e os “velhinhos” (com mais de 12 anos de uso) tiveram queda.

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here