Home Destaques Quem ganhou o debate entre Trump e Biden?

Quem ganhou o debate entre Trump e Biden?

839
0

Em um debate que foi o equivalente político a uma lavagem de roupa suja, o vencedor foi o homem que saiu menos coberto de sujeira.

Na terça-feira à noite, esse homem foi Joe Biden — apenas porque seu principal objetivo era provar aos americanos que ele podia aguentar a pressão, que não estava fora de ritmo devido à sua idade avançada. Ele tinha que provar que podia levar uma torta na cara, metaforicamente falando, e manter sua calma.

Em geral, ele manteve esse padrão ao longo do debate, com um pouco de ajuda de Donald Trump, que, com constantes intimidações e interrupções, deu poucas chances para o ex-vice-presidente dizer algo que prejudicasse a si mesmo.

Trump em seu modo “Twitter” — a faceta não-convencional, bombástica, ofensiva e fomentadora — esteve em plena ação durante o debate que durou uma hora e meia.
Infelizmente para o presidente, muitos americanos, até mesmo seus próprios apoiadores, consideram sua personalidade na redes sociais um de seus atributos menos atraentes.

Trump precisava desse debate para sacudir uma corrida eleitoral que está se virando cada vez mais contra ele — e que tem sido notavelmente estável, mesmo em meio a adversidades econômicas, de saúde e sociais.

Nada nesta campanha eleitoral “vale-tudo” parece até agora mostrar que haverá uma mudança de curso, com um em cada dez eleitores americanos ainda se declarando indecisos.

‘Você pode calar a boca, cara?’
Ficou claro desde o início que tipo de “debate” seria. O objetivo de Donald Trump era abalar Joe Biden — e ele planejava fazê-lo interrompendo constantemente o ex-vice-presidente.

Pelas contas da CBS News, Trump interrompeu Biden um total de 73 vezes.

Isso gerou uma série de intervenções caóticas de ambos os lados, que incluíram Trump questionando a inteligência de Biden, e o democrata chamando o republicano de palhaço, reclamando para Trump ficar quieto e perguntando, indignado: “Você pode calar a boca, cara?”

De tempos em tempos, Trump disparava na direção de Biden, fazendo o democrata rir e balançar sua cabeça.
Quando o moderador Chris Wallace anunciou que o coronavírus seria o próximo tópico e que ambos os candidatos teriam dois minutos e meio ininterruptos para responder, Biden brincou: “Boa sorte com isso.”

Moderar este prestigioso evento em horário nobre deve ter sido o pior trabalho nos Estados Unidos na noite de terça-feira.

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here