Home Destaques Versão de Zambelli sobre carta de mãe a Moraes não convence STF

Versão de Zambelli sobre carta de mãe a Moraes não convence STF

204
0

A versão da deputada Carla Zambelli que disse ter pedido que um hacker descobrisse o endereço do ministro Alexandre de Moraes em Brasília porque a mãe dela queria enviar uma carta ao ministro, não convenceu o Supremo.

Colegas de Moraes ouvidos disseram que a narrativa da deputada bolsonarista é “inverossímil” e “ridícula”.

Zambelli falou sobre o assunto ao repórter Reinaldo Turollo Jr., que um dia antes havia revelado os áudios nos quais ela pessoalmente solicita a devassa de dados privados do ministro.”Minha mãe tinha escrito uma carta para o Alexandre de Moraes e queria entregar essa carta. Eu disse para não mandarmos para o STF para evitar pegar mal, e ela disse que o certo era enviar para a casa dele”, sustentou Zambelli.

“Acabamos não mandando essa carta. Ela que me lembrou [do episódio], eu não lembrava disso. Esse foi o motivo [da conversa com Delgatti]”, afirmou.

Os integrantes do Supremo não engoliram a versão. Eles avaliam que as novas provas agravam a situação jurídica da deputada, que ainda não falou à Polícia Federal sobre o assunto.

O advogado de Zambelli, Daniel Bialski, disse não ter sido consultado pela cliente antes da entrevista, mas afirmou que recebeu ontem sinal do gabinete de Moraes de que terá acesso ao inquérito sobre a deputada.

O ministro havia dado direito de a defesa conhecer a peça há tempos, mas segundo Bialski a PF não havia cedido.

Agora, ele diz, haverá uma análise dos achados da polícia, e uma contestação “documental” dos depoimentos prestados por Walter Delgatti Neto, o hacker acionado por Zambelli.

Depois, assegura a defesa, a deputada falará à PF sobre o assunto.

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here