Home Esportes Vettel teme desgaste dos integrantes das equipes pelo calendário recorde de 2021

Vettel teme desgaste dos integrantes das equipes pelo calendário recorde de 2021

781
0

A temporada 2021 da Fórmula 1 terá um recorde de 23 grandes prêmios, e o tetracampeão Sebastian Vettel está preocupado com o desgaste dos funcionários das equipes. Novo contratado da Aston Martin, o alemão disse que a direção da categoria precisa ter um olhar diferenciado para pessoas que não estão nos holofotes, como os mecânicos, que trabalham uma grande quantidade de horas antes, durante e depois dos eventos.
Temos pela frente o maior calendário de todos os tempos, e ainda não tenho certeza de como vamos abordá-lo neste ano. Acho que devemos definitivamente nos certificar de que cuidaremos de todas as pessoas envolvidas. Os pilotos estão sentados na sorte. Obviamente, a demanda às vezes é muito alta, mas, apenas em termos de horas, acho que muitas pessoas gastam mais horas do que nós num fim de semana – disse Vettel ao site “GP Fans”.
Devido à pandemia de Covid-19, o calendário de 2020 teve 17 corridas em apenas cinco meses, o que foi uma rotina massacrante para equipes e pilotos. Agora, em 2021, serão 23 corridas em nove meses (de 28 de março a 12 de dezembro), com três jornadas de três fins de semana consecutivos. Vettel deu a entender que não concorda com um número tão grande de provas:

  • Espero e desejo que aprendamos com o ano passado e apenas não estejamos felizes em prosseguir e fazer a mesma coisa, porque acho que tem sido muito exigente para muitos indivíduos, suas famílias e assim por diante. Obviamente, foi ótimo ter uma temporada dada a situação, mas acho que considerando todas as coisas, precisamos ser muito cautelosos no planejamento deste ano.
    Após saber que não teria o contrato renovado com a Ferrari, Vettel negociou a ida para a Aston Martin, antiga Racing Point, e, como o canadense Lance Stroll é filho do dono da equipe, o empresário Lawrence Stroll, quem sobrou foi o mexicano Sergio Pérez, que conseguiu uma vaga na RBR. Com 53 vitórias, Sebastian Vettel é o terceiro maior vencedor da história da Fórmula 1, apenas atrás de Lewis Hamilton e Michael Schumacher. Tetracampeão de 2010 a 2013, quando corria pela RBR, o alemão não ganha uma corrida desde o GP de Singapura de 2019.

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here